Dicas e Novidades

Diferenciais e curiosidades sobre sua casa nova

Escolha o assunto de seu interesse!

6 de setembro

Minha Casa Minha Vida: quem se enquadra neste formato de financiamento?

Minha Casa Minha Vida: saiba se você se enquadra neste financiamento

Não importa a classe, a cor ou a crença, uma coisa é certa: todos temos o sonho de obter nossa casa própria. Antigamente, quando as cidades não tinham uma área muito expansiva, era mais fácil de adquirir um terreno e construir a sua casa.
Mas com as pessoas cada vez mais se concentrando no perímetro urbano, essa opção ficou cada vez mais escassa, fazendo diversas pessoas recorrem à outros métodos para adquirem o seu lar.
O projeto Minha Casa, Minha Vida foi inaugurado em 2009 e desde esta data, foram entregues mais de 4,2 milhões de casas e apartamentos ao redor do país — dados concedidos pelo Portal Brasil.
Este benefício auxiliou mais de 10 milhões de brasileiros na hora de comprar a sua casa própria, além de aquecer a economia e fortalecer o ramo de construção.
Mas você sabe quais são os requisitos básicos para participar desse financiamento? Sabe quais documentos você deve entregar? Quais as taxas de juros e como a Protema pode lhe auxiliar em todo esse processo?
Fique tranquilo, nós preparamos um artigo completo para você, pronto para lhe tirar estas e todas as suas outras dúvidas a respeito do Minha Casa, Minha Vida.
Vamos lá!

Minha Casa Minha vida: como participar do programa

O principal objetivo deste programa é facilitar a compra da casa própria às pessoas de baixa renda. Melhorando assim as condições de financiamento, diminuindo a contribuição mensal de acordo com o salário da pessoa.
Mas não é só isso. Pessoas que possuem uma renda mais alta — até R$9.000,00 — também podem fazer parte deste programa.
O mais importante aqui é você saber que as parcelas cabem no bolso de todo o trabalhador brasileiro, parcelas estas que surgem através de subsídios do governo estadual, municipal e federal.
A primeira coisa a se fazer, caso você queira entrar no programa, é entrar em contato com uma construtora credenciada e apresentar alguns documentos, como:
– RG;
– CPF;
– comprovante de renda dos últimos 6 meses;
– extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS);
– declaração de Imposto de Renda pessoa física ou de isento;
– carteira de trabalho;
– certidão de casamento, se for o caso.
Caso você seja um profissional autônomo, liberal ou microempreendedor individual (MEI), a declaração do imposto de renda já será suficiente na hora de comprovação de renda.
Claro, algumas construtoras podem pedir alguns outros documentos específicos, mas isto você só saberá na hora de apresentar estes que citamos acima. 
Vale lembrar que todos os dados vão ficar sobre constante análise para que a compra e o financiamento sejam aprovados.
Mais uma coisa, para conseguir participar do programa, você precisa cumprir mais alguns requisitos, como:
– Não obter outro benefício habitacional
– Não obter outro imóvel no seu nome
– Não participar do Programa de Arrendamento Residencial;
– Não ter financiamento habitacional ou parcelamento de materiais de construção;
– Não estar registrado no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do governo federal;
– Não ser funcionário nem ser casado com algum servidor da Caixa Econômica Federal.

Renda e valores: saiba quais são as faixas requisitadas

Esse é o ponto de mais importância na hora de você participar do programa. Para obter uma melhor disponibilidade de imóvel aos participantes, o governo decidiu dividir os mesmos por faixas de remuneração, como:
– Faixa 1: o salário máximo deve ser de até R$ 1.800;
– Faixa 1,5: a renda familiar deve ser de até R$ 2.600;
– Faixa 2: o salário de toda a família precisa ser de até R$ 4.000;
– Faixa 3: o rendimento familiar máximo é de R$ 9.000.
Tirando as faixas de salário, outro fator que delimitado pelo programa é o valor máximo do imóvel que o participante deseja adquirir.
Como podemos ver na tabela abaixo, este critério varia um pouco de acordo com a região:

Como entrar em contato com a construtora desejada

Este é um passo muito importante. Com os documentos citados acima em mãos, você pode escolher a construtora de sua preferência na hora de realizar o seu sonho de obter sua casa própria.

Nós da Protema possuímos uma vasta gama de opções para você participante do programa Minha Casa Minha Vida.

Clique neste link e conheça mais sobre os empreendimentos da Protema!

Deixe que a gente lhe ajude a conquistar o seu sonho. Venha para a Protema!

 

Compartilhe com seus amigos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga a PROTEMA e confira
tudo o que acontece por aqui.

Carregando...